Porquê? Teatro Para A Infância e Juventude 2020

artaz Porquê 2020 - Versão vertical
CONCEITO ARTÍSTICO

Durante a infância e juventude a pergunta mais usual tem apenas uma palavra, “porquê?”. “Porquê?” é nosso o mote para a criação desta semana de teatro dirigida essencialmente à infância e à juventude. Podemos inclusive perguntar: “Porquê esta semana?”; “Porquê este público?”; “Porquê esta faixa etária?”; ou até mesmo “Porquê teatro?”. A resposta a isto tudo é o que pretendemos descobrir com este projecto.

 
PROGRAMA

O programa proposto para a terceira edição do “PORQUÊ?” parte novamente do princípio de cumplicidade entre a Fértil Cultural e as companhias convidadas. Tivemos também em conta a dimensão do território e a adaptação das propostas ao público.

 
18 Outubro

Companhia: Teatro O Bando

Espectáculo: Paula de Papel

Local: Salão Paroquial de Ribeirão

Público-alvo: Famílias

Horários: 16h

25 Outubro
Companhia: BAAL’17
Espectáculo: Escória
Local: Salão da Junta de Freguesia de Cavalões
Público-alvo: Famílias
Horários: 16h

8 Novembro
Companhia: Chão de Oliva
Espectáculo: O Segredo do Rio – Conto
Local: Sede da Associação Desportiva e Cultural de Arnoso Santa Eulália

Público-alvo: Famílias
Horários: 16h

15 Novembro
Companhia: Teatro e Marionetas de Mandrágora

Espectáculo: Bzzzoira Moira
Local: Salão Paroquial de Vale S. Cosme

Público-alvo: Famílias
Horários: 16h

22 Novembro
Companhia: Fértil Cultural
Espectáculo: Os Grandes Não Têm Grandes Ideias

Local: Salão Paroquial de Esmeriz
Público-alvo: Famílias
Horários: 16h

28 Novembro
Conversa: Porquê o teatro para infância e juventude?
Local: Casa da Pedreira
Horário: 16h
Público-alvo: Criadores, programadores, actores, professores, educadores, animadores socioculturais, estudantes de artes.

29 Novembro
Companhia: Lua Cheia
Espectáculo: Pequenas Fábulas De La Fontaine

Local: Salão Paroquial do Louro
Público-alvo: Famílias
Horários: 16h

“A expressão “teatro para crianças” não tem qualquer significado de carácter estético. Do mesmo modo que a expressão “teatro popular”, ilustrada por Jean Vilar designa um público e não um género teatral diferente. “Teatro para crianças” quer dizer jovens espectadores face ao teatro. É tão simples como isto… e é extremamente complexo, uma vez que se trata, em primeiro lugar, de teatro.” (Maurice Yendt, Les ravisseurs d’ enfants, Editions Actes-Sud-Papiers)

Cartaz

artaz Porquê 2020 - Versão horizontal

Imagens dos espectáculos