“Eu é que conto” . hora de coser

Estreia
13 Setembro . 16h . Casa da Pedreira, Gondifelos [V. N. Famalicão]

Outras datas
14 Setembro . 16h . Casa da Pedreira, Gondifelos [V. N. Famalicão]
20 Setembro . 16h . Galeria da Óptica da Boavista [Porto]

figurino_montagem

Sinopse

Uma senhora bibliotecária, que colecciona livros sabe-se lá onde, vem para contar uma história.  Mas como é muito distraída chega atrasada, acaba por tropeçar em tudo e sem querer entra numa outra dimensão, a da imaginação. Confusa e com outros personagens a invadi-la constrói uma história diferente, divertida e cheia de criatividade. Baseando-se nos contos de Grimm, histórias tradicionais portuguesas e canções que todos conhecem esta senhora dá-nos um momento de teatro surpreendente.

Ficha artística

Criação e interpretação Neusa Fangueiro
Apoio à criação Rui Alves Leitão
Figurino Cláudia Ribeiro
Cartaz Nuno Lopes
Produção Fértil

 

 

Autor: Fértil

A Fértil surge do encontro entre o teatro e a antropologia, duas formas de olhar para o ser humano como produtor de cultura e de questionar a sua condição de vida. Em 2010 é fundada a associação com o propósito de dar voz às criações e investigações que partam desse princípio. O teatro é por excelência o laboratório onde se permite a experimentação do nosso trabalho. Privilegiando as criações originais, permite-nos, como criadores, uma melhor abordagem às mais diferentes temáticas e a adequação destas ao nosso propósito, assim como a afirmação dos artistas envolvidos.