Estreia d’ A Guarda-Árvore

No passado dia 26 de Junho a Fértil apresentou a sua primeira produção teatral, A Guarda-Árvore. Aconteceu no Espaço Montemuro em Campo Benfeito (Castro Daire). Estiveram presentes cerca de 50 pessoas, das quais cerca de metade eram crianças, o público a quem se destinava este espectáculo.

As opiniões foram diversas, mas muito motivadoras. Principalmente das crianças que se mostraram, tanto no fim como durante o espectáculo, muito entusiasmadas e contentes com o que viram.

Esperamos em breve poder fazer mais apresentações, o que certamente irá acontecer e será divulgado neste blogue.

Até breve e bem haja, mais uma vez, à aldeia de Campo Benfeito e ao Teatro do Montemuro.

Autor: Fértil

A Fértil surge do encontro entre o teatro e a antropologia, duas formas de olhar para o ser humano como produtor de cultura e de questionar a sua condição de vida. Em 2010 é fundada a associação com o propósito de dar voz às criações e investigações que partam desse princípio. O teatro é por excelência o laboratório onde se permite a experimentação do nosso trabalho. Privilegiando as criações originais, permite-nos, como criadores, uma melhor abordagem às mais diferentes temáticas e a adequação destas ao nosso propósito, assim como a afirmação dos artistas envolvidos.

Uma opinião sobre “Estreia d’ A Guarda-Árvore”

  1. >Também estive na estreia… E assisti a um espectáculo para crianças de todas as idades…A partir de um cenário simples e de uma sobriedade de adereços bastante significativos, desenvolveu-se a criatividade e a imaginação; reviveram-se velhas estórias,reinventaram-se outras, revisitaram-se mundos encantados que a azáfama do dia-a-dia nos faz esquecer. A interpretação foi bastante apreciável. Parabéns e bom trabalhoMaria Manuela

Os comentários estão encerrados.