Morro de Amores . texto pronto para levar a palco

Rui Alves Leitão, autor do texto para o espectáculo Morro de Amores, finaliza a sua primeira proposta. Agora é levar o texto ao palco e trabalha-lho com Alexandre Sá, Isabel Costa e Rui Alves Leitão e ver como funciona em acção com as propostas de encenação de Neusa Fangueiro.

Morro de Amores . estreia a 19 de Novembro na Casa das Artes de V. N. de Famalicão
Co-produção Fértil, Casa as Artes de Famalicão e Teatro Diogo Bernardes

morrodeamores_05

Morro de Amores . chegada do cenário à Fértil

Esta semana chegaram as principais peças do cenário para o espectáculo Morro de Amores. Migvel Tepes trouxe-nos várias novidades e muito pormenores para os interpretes desvendarem. Em breve começam os ensaios.

Morro de Amores . estreia a 19 de Novembro na Casa das Artes de V. N. de Famalicão
Co-produção Fértil, Casa as Artes de Famalicão e Teatro Diogo Bernardes

morrodeamores_03 morrodeamores_04

Morro de Amores . um cenário a nascer

morrodeamores_01 morrodeamores_02

Morro de Amores . estreia a 19 de Novembro na Casa das Artes de V. N. de Famalicão

Co-produção Fértil, Casa as Artes de Famalicão e Teatro Diogo Bernardes

“Morro de Amores” . o arranque

A nova produção da Fértil “Morro de Amores” arrancou este mês com o trabalho cenográfico de Migvel Tepes. Ficam alguma imagens e em breve traremos mais notícias.

Morro de Amores . estreia a 19 de Novembro na Casa das Artes de V. N. de Famalicão

Estupendo Inuendo em residência artística na Casa da Pedreira

ESTUPENDO-1

Durante o mês de Agosto Alexandre Sá e Isabel Costa irão trabalhar a nova criação do projecto Estupendo Inuendo, “Ando a estudar para ser poeta”. Esta residência culmina com um ensaio aberto ao público no dia 28 de Agosto, às 21h30, na Casa da Pedreira.

Estupendo Inuendo é um colectivo que trabalha a articulação entre a palavra, a música, a comédia e a relação com o público.
O seu primeiro espectáculo Estórias Musicadas, Canções Faladas estreou-se em 2012, na Braga – Capital Europeia da Cultura 2012.
Já em 2014, em parceria com a editora Palmo a Palmo, levam estórias tradicionais e estórias improvisadas a várias escolas do norte do país.
Em Maio de 2015 e depois de um lento, cuidado e maturado processo de criação estreiam Ele Tem Uma Guitarra e Eu Não Tenho Nada no encerramento da Maratona de Contos Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira.

Amor (quase) perfeito . muito obrigado

obrigado

 

Muito obrigado às mais de duzentas pessoas que fizeram parte do público e dignificou o espectáculo com a sua presença.

Muito obrigado às senhoras do centro de convívio que amarraram este projecto com toda a sua vida e o levaram ao palco: Alexandrina Carvalho, Alice Amorim, Alice Costa, Alice Cunha, Alice Gonçalves, Beatriz Cunha, Conceição Dias, Helena Ferreira, Isabel Gomes, Lídia Durães, Lurdes Araújo, Margarida Araújo, Maria Freitas, Maria Oliveira, Virginia Arminda e ainda as que não subiram ao palco mas fizeram parte do processo: Celeste Furtado, Fernanda Bacelo, Helena Cunha, Helena Moreira, Isaura Santos e Rosário Pedro.

Muito obrigado à equipa que se juntou à Fértil nesta produção: Migvel Tepes (cenário), Rúben Marques (vídeo), Margarida Ribeiro (fotografia), César Cardoso (operação de som) e Nuno Lopes (design gráfico).

Muito obrigado aos apoios: Município de V. N. Famalicão, Paróquia de Nine, Junta de Freguesia de Nine, Bordados Cantim e Carnes Landeiro.

Muito obrigado a todos os contributos comunitários que se juntaram a nós e tornaram este momento único e memorável.

Amor (quase) perfeito . teaser

ATENÇÃO: este vídeo contém imagens impróprias para quem não ama.

Amor (quase) perfeito . 21 de Junho . 18h00 . Largo da Igreja de Nine [apresentação única]