Exposição “desAMORes” . últimos dias para recepção de trabalhos

desamores_fbEntramos na fase final de recepção de trabalhos para exposição de MailArt “desAMORes”. Até agora foram já recebidos 58 trabalhos de 45 artistas de 19 nacionalidades diferentes. Os trabalhos recebidos podem ser vistos em http://yzonk.com/desamores/. Espreite e quem sabe se não se inspira para nos enviar um também.

Será uma honra contar com a sua participação neste evento.

A ideia principal desta “chamada” à Arte Postal é: primeiramente permitir as artistas a oportunidade de mostrar a sua arte em diversos locais de Portugal e ainda divulgar os conceitos de arte postal (mailart) e arte por correio através das exposições e oficina a acontecer aquando a inauguração.

Informação adicional sobre o artista e a sua obra pode ser remetida por endereço eletrónico para info@envidenefelibata.com ou por correio tradicional. Esta informação é relevante para criar documentação impressa.

  1. “desAMORES” encerrará uma série de projetos relacionados com a temática AMOR, criados pela organização, a estrutura FÉRTIL CULTURAL.
  2. Todas as obras devem ser enviadas para: Monsenhor enVide neFelibata / M.R. Gomes R. do Falcão, 369 3oEsq.
    4300-181 Campanhã, Porto – Portugal
  3. Sem devoluções. Melhor ainda… ler número 6.
  4. A exposição acontecerá na ‘Casa da Pedreira’ em Vila Nova de Famalicão, Portugal.
  5. Uma segunda exposição poderá eventualmente vir a acontecer na Fundação CupertinoMiranda, Vila Nova de Famalicão em Portugal no ano de 2016 e encontra-se, de momento, a ser analisada. Mais informação será disponibilizada logo que possível.
  6. A exposição será complementada com uma oficina. Nessa oficina, serão criados objetos artísticos como propósito de serem remetidos aos participantes da exposição.
  • data de receção – 04-12-2015
  • montagem – 11-12-2015
  • inauguração – 12-12-2015
  • duração – 12-12-2015 / 26-02-2016
  • desmontagem – 27-02-2016
  • curador – Monsenhor enVide neFelibata
  • título / tema – desAMORes
  • local – Casa da Pedreira, V. N. de Famalicão, Portugal
  • organização – Fértil Cultural

“desAMORes” uma exposição de Arte Postal e de Arte por Correio

desamores_promoEXPOSIÇÃO

Será uma honra contar com a sua participação neste evento.

A ideia principal desta “chamada” à Arte Postal é: primeiramente permitir as artistas a oportunidade de mostrar a sua arte em diversos locais de Portugal e ainda divulgar os conceitos de arte postal (mailart) e arte por correio através das exposições e oficina a acontecer aquando a inauguração.

Informação adicional sobre o artista e a sua obra pode ser remetida por endereço eletrónico para info@envidenefelibata.com ou por correio tradicional. Esta informação é relevante para criar documentação impressa.

  1. “desAMORES” encerrará uma série de projetos relacionados com a temática AMOR, criados pela organização, a estrutura FÉRTIL CULTURAL.
  2. Todas as obras devem ser enviadas para: Monsenhor enVide neFelibata / M.R. Gomes R. do Falcão, 369 3oEsq.
    4300-181 Campanhã, Porto – Portugal
  3. Sem devoluções. Melhor ainda… ler número 6.
  4. A exposição acontecerá na ‘Casa da Pedreira’ em Vila Nova de Famalicão, Portugal.
  5. Uma segunda exposição poderá eventualmente vir a acontecer na Fundação CupertinoMiranda, Vila Nova de Famalicão em Portugal no ano de 2016 e encontra-se, de momento, a ser analisada. Mais informação será disponibilizada logo que possível.
  6. A exposição será complementada com uma oficina. Nessa oficina, serão criados objetos artísticos como propósito de serem remetidos aos participantes da exposição.
  • data de receção – 04-12-2015
  • montagem – 11-12-2015
  • inauguração – 12-12-2015
  • duração – 12-12-2015 / 26-02-2016
  • desmontagem – 27-02-2016
  • curador – Monsenhor enVide neFelibata
  • título / tema – desAMORes
  • local – Casa da Pedreira, V. N. de Famalicão, Portugal
  • organização – Fértil Cultural

Estupendo Inuendo em residência artística na Casa da Pedreira

ESTUPENDO-1

Durante o mês de Agosto Alexandre Sá e Isabel Costa irão trabalhar a nova criação do projecto Estupendo Inuendo, “Ando a estudar para ser poeta”. Esta residência culmina com um ensaio aberto ao público no dia 28 de Agosto, às 21h30, na Casa da Pedreira.

Estupendo Inuendo é um colectivo que trabalha a articulação entre a palavra, a música, a comédia e a relação com o público.
O seu primeiro espectáculo Estórias Musicadas, Canções Faladas estreou-se em 2012, na Braga – Capital Europeia da Cultura 2012.
Já em 2014, em parceria com a editora Palmo a Palmo, levam estórias tradicionais e estórias improvisadas a várias escolas do norte do país.
Em Maio de 2015 e depois de um lento, cuidado e maturado processo de criação estreiam Ele Tem Uma Guitarra e Eu Não Tenho Nada no encerramento da Maratona de Contos Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira.

5º aniversário da Fértil

Este ano a Fértil completa 5 anos. Tem sido um longa caminha e porque aqui chegamos vamos ter um fim de semana dedicado a esta data com dois espectáculos no nosso espaço cultural “Casa da Pedreira”, em Gondifelos [VN Famalicão].

No dia 25 de Abril, às 21h30, temos connosco um duo de guitarras de jazz composto por André Ramos e João Caseiro e que trazem consigo um repertório que abrange essencialmente alguns dos grandes standards do Jazz Norte-Americano, temas de autor e Blues.

No domingo seguinte, 26 de Abril, às 16h, preparamos uma sessão especial para a as crianças e família, convidamos o Teatro e Marionetas de Mandrágora que irão apresentar o espectáculo “Para que servem as mãos”, uma criação de Clara Ribeiro. Neste espectáculo a palavra não é mais importante do que os estímulos visuais e sensoriais. A curiosidade e a participação das crianças são suscitadas através da música e dos ritmos presentes no espectáculo. Através da magia do teatro são trocados afectos e é estabelecido um entendimento “maternal”, entre o espectáculo e o público.

A entrada é livre e estão todos convidados.

“Eu é que conto” . duas salas cheias

Muito obrigado ao publico que nos encheu duas salas de alegria. Estamos prontos para a itinerância!

Eu é que conto - estreia

“Eu é que conto” de regresso à criação

Depois de um breve pausa para férias, Neusa Fangueiro está de volta aos seus bonecos para o novo espectáculo Eu é que conto, que será estreado no dia 13 de Setembro às 16h na Casa da Pedreira, Gondifelos [V. N. Famalicão].

Iremos continuar a dar notícias através deste blog sobre o processo de criação. Fiquem atentos.
IMG_0903

“Eu é que conto” – inicio de criação

ilustra_eu_e_q_conto_bxCom data já marcada para a estreia, 26 de Julho, a nossa nova produção de teatro para infância, “Eu é que conto”, já está em andamento. Este espectáculo é uma criação da Neusa Fangueiro que já preparou toda a dramaturgia e agora está a trabalhar o figurino e espaço cénico.

Para já ficamos com a ilustração do Nuno Lopes que servirá o cartaz do espectáculo.

“Eu é que conto” estreia a 26 de Julho na Casa da Pedreira, Gondifelos, V. N. Famalicão.