Morro de Amores em itinerância por Ponte de Lima

morro_de_amores65

Morro de Amores arranca amanhã uma itinerância pelas Freguesias de Ponte de Lima. Começamos pela Correlhã e Beiral do Lima no primeiro fim-de-semana e logo a seguir iremos às freguesias de Sandiães, Ribeira e Refóios do Lima. Encerramos esta itinerância no Teatro Diogo Bernardes no dia 19 de Março.

Este projecto de descentralização da oferta cultural e teatral em Ponte de Lima surge no âmbito da co-produção com o Teatro Diogo Bernardes.

Contamos com a vossa presença!

A Carruagem na Casa da Pedreira

ACNP_3

No âmbito da programação da Casa da Pedreira, no dia 13 de Fevereiro, às 21h30, vamos acolher o espectáculo As Coisas Pelos Nomes da companhia de teatro Carruagem – Tráfego de Ideias. Esta é a segunda criação da companhia e fala-nos da memória que querem partilhar e das suas vontades como jovens.

Sinopse

São dois jovens actores. A sério. Eles são realmente “jovens” e são realmente “actores”. E são esses dois jovens actores que vão estar em palco. A sério. São mesmo eles. Se houve ensaios? Centenas. Se é decorado? Sim. Se há texto? Também. Mas então é sobre o quê? Bom, é sobre eles. Não. É sobre nós. Sobre nós jovens, ou sobre nós actores, ou sobre nós pessoas. É sobre pessoas.

Queríamos falar sobre nem sempre termos voz. Queríamos falar sobre pessoas. Queríamos falar sobre pessoas da nossa família. Sobre coisas que nos lembramos. Sobre a nossa memória. Sobre a nossa memória de actores e a nossa memória de pes- soas. Também queríamos falar sobre o que nos esquecemos. Queríamos falar.

Tudo pode correr mal. Mas a nal, somos jovens e temos uma vida pela frente. É o que ouvimos todos os dias. Temos? E é por não sabermos nesta idade o que vamos saber mais tarde que nos devemos calar? “Se eu soubesse o que sei hoje quando tinha a tua idade, o mundo era meu.” Nós ainda não sabemos que coisa é essa, mas gostáva- mos que o mundo fosse nosso na mesma. Podemos? Temos vinte anos e achamos que vamos salvar o mundo. Estão rir? A rir com condescendência? Triste seria termos vin- te anos e não acharmos que íamos salvar o mundo, não?

Queríamos falar sobre nós, pessoas. Queríamos falar de memória. Sim, temos uma vida pela frente, mas também temos uma vida para trás. Temos outras vidas que, ape- sar de não serem nossas, foram as que nos deram vida. Queríamos falar sobre elas, por- que isso é falar sobre nós. Isso é falar sobre pessoas.

Então, isto é sobre dois actores, de vinte e poucos anos, jovens, que querem falar. E porque eles sabem o querem dizer, querem falar das coisas pelos seus nomes. Os de- les ou os das coisas? Os nomes.

Ficha artística

Dramaturgia e Concepção do projecto . Sara Barros Leitão
Direcção de actores e Apoio à dramaturgia . Daniel Macedo Pinto
Interpretação e Contributo à dramaturgia . Diana Barnabé Paulo Freitas
Produção . Mafalda Leal Moura
Sonoplastia e Operação . Luís Vieira
Desenho de luz . Eduardo Pousa
Concepção plástica . André Santos Mafalda Leal Moura
Design e Comunicação . André Santos
Fotogra a e Vídeo de cena . Mafalda Leal Moura

“BemMarMeQuer” no Teatro Diogo Bernardes

Continuamos a digressão da nossa colaboração com o Teatro Art’Imagem, desta vez até Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes. O espectáculo acontece no dia 30 de Janeiro, às 21h30, e os bilhetes custam apenas 2€. Os bilhetes encontram-se à venda no Teatro Diogo Bernardes e todas as informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

IMG_5914L

“desAMORes” em montagem

Ontem foi o dia de começar as montagens da exposição que abre no próximo sábado. Contamos com a vossa visita.

desamores-montagem1

desamores-montagem2

Exposição “desAMORes” abre dia 12 de Dezembro

desAMORes_blogA primeira edição da exposição “desAMORes” é já um sucesso. Para a inauguração no próximo dia 12 de Dezembro recebemos 105 trabalhos de 74 artistas de 23 nacionalidades diferentes [Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canada, Chile, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Itália, Macedonia, México D.F., Holanda, Noruega, Portugal, Russia, Africa do Sul, Espanha, Taiwan, Grã-Bretanha e Estados Unidos da América].
Continuamos a receber trabalhos que virão a ser expostos nas próximas edições.
Obrigado a todos pela vossa participação.

This first art show edition is a success. At the opening day there are 105 artworks from 74 artists from 23 nationalities (Argentina, Australia, Austria, Belgium, Brazil, Canada, Chile, Denmark, France, Germany, Greece, Italy, Macedonia, México D.F., Nederland, Norway, Portugal, Russian Federation, South Africa, Spain, Taiwan, United Kingdom and USA).
We’re still receiving artwork every week and the second edition will be even greater.
Thank you all for the submissions and see ya soon in the mail!